amor e paixão

Embora pareça que amor e paixão andam de mãos dadas, são muitas as diferenças entre eles:

  • A paixão é desejo; o amor é emoção;

  • É paixão quando é preciso ter o objeto, ou há um imenso desejo de tê-lo, e é amor quando apenas o prazer de se dar é suficiente. Na união pela paixão, a pessoa busca naturalmente ter o outro, ou seja, busca dominá-lo, submetê-lo à sua vontade, enquanto na pelo amor a pessoa deixa o outro livre para ser feliz à sua maneira.

  • A paixão dá sabor à vida, enquanto o amor dá valor a ela. O apaixonado vive a vida com intensidade, enquanto quem ama cuida dela.

  • A paixão tende a ser obsessiva (apego), ao passo que o amor nunca é.

  • Na paixão, o foco é a própria pessoa (e seus desejos), enquanto no amor o foco é o outro. Consequentemente, o apaixonado tende a ter baixa consciência do outro.

  • Na paixão, a pessoa se une com o vir-a-ser do outro (um ser idealizado para satisfação de seus desejos), enquanto no amor a pessoa se une com a outra como ela é (respeita a sua individualidade).

  • Na união pela paixão, as pessoas estão juntas, mas não se misturam. Na união pelo amor, há empatia, e, apesar da individualidade, uma pessoa sente o que a outra sente, elas se tornam uma no sentimento.

  • A união pela paixão é focada na sobrevivência, enquanto a união pelo amor é focada na evolução. A sobrevivência é um meio para a evolução, enquanto o amor é o fim, o objetivo.

  • A união pela paixão é baseada no material/corporal, enquanto a pelo amor o é no espiritual. A união pelo amor prescinde do corporal, embora possa dele ser decorrente (o amor pode nascer de um relacionamento apaixonado) e dele possa fazer uso (a relação sexual, por exemplo, pode ser usada com um meio de dar prazer à pessoa amada).

  • A união pela paixão tende a ser de curta duração devido à redução progressiva do desejo de ter o outro, em função da satisfação continuada do desejo e à descoberta de que o outro real é diferente do idealizado. A união pelo amor é duradora, pois nela há a aceitação plena do outro, com suas qualidades e defeitos, e há a vontade de se dar sem nada exigir em troca.

  • A paixão une pessoas, mas somente o amor as mantêm unidas. .